CANDIDATURAS - JOB SHADOWING

JOB SHADOWING PARA PROFESSORES NO ESTRANGEIRO

 

Na Escola Secundária de Camarate encontra-se em desenvolvimento o projeto “Inclusão, Integração e Internacionalização: uma Fórmula para o sucesso”, no âmbito do programa Erasmus+. A Ação-Chave 101 Mobilidade de Pessoal Educativo do Ensino Escolar tem como objetivo a atualização, o aperfeiçoamento e o aprofundamento dos conhecimentos e competências pessoais e profissionais da comunidade educativa ao nível europeu.

A formação contínua de curta duração contempla uma atividade de job shadowing direcionado para a temática Ambientes Educacionais Inclusivos, a realizar durante o mês de maio de 2021, em Marsala, Itália.

 

A atividade será financiada pelo projeto Erasmus+, assim como viagens, alojamento e subsistência do participante.

Os professores interessados deverão preencher e submeter o formulário de candidatura até ao dia 16 de abril de 2021.

 

Camarate, 6 de abril de 2021

 

JOB SHADOWING – Programa detalhado

 

Na atividade de job shadowing na escola Abele Damiani em Marsala, Itália, os participantes terão oportunidade para observar boas práticas de processos de inclusão de alunos com necessidades especiais e migrantes, quer em situação de sala de aula, quer noutros contextos educacionais.

 

As atividades a serem desenvolvidas contemplam as seguintes:

- contacto com ferramentas para a criação de respostas a alunos com dificuldades de integração em duas vertentes: alunos com necessidades especiais e alunos migrantes;

- aquisição/desenvolvimento de conhecimentos inerentes à educação inclusiva, princípios chave e valores;

- compreensão do processo de inclusão, e das barreiras à participação, aprendizagem e recursos de apoio a todos os alunos na escola;

- conceção de aulas/atividades para apoiar a crescente diversidade nas salas de aula atuais, tais como adaptações para assegurar o acesso ao currículo, aulas/atividades diferenciadas, ferramentas autênticas e alternativas de avaliação;

- utilização de ferramentas TIC para apoiar os alunos em ambientes inclusivos e seguros;

- colaboração com os elementos da comunidade no estabelecimento de um quadro de valores e práticas inclusivas;

- utilização de instrumentos reflexivos, desenvolvendo estratégias, técnicas e recursos de aprendizagem através de estudos de caso, melhorando a aprendizagem, a participação e o sucesso dos alunos em ambientes educacionais sustentáveis.

Aceder ao formulário de candidaturas através do botão ou através do código QR

AÇÃO-CHAVE 101 – MOBILIDADE DE PESSOAL E

Critérios de seleção

  • o departamento e o grupo disciplinar a que pertence;

  • os cargos desempenhados na escola;

  • motivação e disponibilidade para se deslocar ao estrangeiro por um período nunca inferior a 7 dias;

  • experiência e empenho no desenvolvimento de projetos europeus que potenciem parcerias entre escolas e de que forma foram implementados;

  • experiência na implementação de práticas inovadoras na comunidade educativa;

  • competência comunicativa na língua Inglesa (deve ser, no mínimo, um utilizador elementar A2 na língua inglesa, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas);

  • competências digitais que possui, relativamente ao processamento de informação, criação de conteúdos e comunicação, de acordo com a ferramenta Europass;

  • as áreas e domínios para as quais é portador de Certificação de Formador, pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua.